quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Punhalada

Eu te amo hoje mais profundamente,
até onde a dor penetrou na alma.
*homenagem a uma dor antiga

2 comentários:

Tainá disse...

Me lembro dessa frase.

Anísia Neta disse...

Muito bom isso... parece até que vc me conhece e fez pensando em mim... rss
to brincando... palavras assim retratam as pessoas universal e indiviualmente...
Muito bom! ^^